Pub


Por Jornal i
publicado em 17 Set 2012 - 17:38
// 

Trabalhadores da Rodoviária de Lisboa marcam nova greve para 4 de Outubro

Os motoristas da Rodoviária de Lisboa (RL) voltam a paralisar 24 horas no dia 04 de outubro, segundo decisão hoje tomada em plenário de trabalhadores e citada à agência Lusa pelo coordenador do Sindicato Nacional dos Motoristas.

Ainda sem números da greve de hoje, Manuel Oliveira anunciou nova paralisação para outubro para reivindicar a integração de um abono na tabela salarial.

“Os motoristas da RL foram discriminados. Os restantes tiveram um aumento de 1,3% em 2011 e os de Lisboa foram aumentados em zero, com a administração a atribuir o abono por ato de gestão, mas sem o integrar”, explicou o sindicalista.

Os motoristas são ainda “credores de 1,2 milhões de euros” por falta de reconhecimento de tempos de descanso compensatório.

O sindicato informou estar disponível para desistir da ação judicial contra a empresa pelo “caráter discriminatório”

A empresa avançou à Lusa que cerca de 70% dos serviços estavam a ser executados hoje, em dia de greve.

A mesma fonte não precisou o número de motoristas que aderiram à paralisação de 24 horas, mas referiu que a percentagem é “inferior à greve de 01 de agosto”, altura em que a taxa de realização de serviços foi de 50%.

Na Rodoviária de Lisboa, que opera nos concelhos de Lisboa, Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira, trabalham 773 trabalhadores.

A empresa possui 375 viaturas, que servem cerca de 400 mil habitantes e transportam 200 mil passageiros por dia.

 

*Este artigo foi escrito ao  abrigo do novo acordo ortográfico aplicado pela agência Lusa




Pub


 

Pub

Pub

Pub

Pub

Pub













X
Introduza o seu endereço de e-mail.
Introduza a senha associada ao seu endereço de e-mail.
  • Sign in with Twitter
A carregar