Pub


Por Beatriz Silva
publicado em 2 Ago 2013 - 08:13
// 

Miguel Relvas assume cargo de Alto Comissário da Casa Olímpica da Língua Portuguesa

 

Miguel Relvas vai assumir o cargo de Alto Comissário da Casa Olímpica da Língua Portuguesa, criada no Brasil. A ideia deste projecto é tornar a língua portuguesa uma das línguas de trabalho do Comité Olímpico Internacional que vigorará até ao final dos Jogos Olímpicos de 2016.

O convite foi feito pela própria associação, sem fins lucrativos. "Como condições prévias, exijo fazê-lo a título não oneroso e geograficamente abrangente, isto é, englobando nas realidades culturais a promover, além dos países que têm comités olímpicos, aqueles territórios que, fazendo parte de outros países soberanos, têm com a cultura portuguesa uma conexão forte e associações que perseguem os mesmos fins que os comités olímpicos nacionais", disse o ex-ministro Adjunto dos Assuntos Parlamentares num comunicado.

O trabalho consiste em divulgar a cultura dos países de língua portuguesa "promovendo para isso eventos culturais, encontros, exposições, seminários, palestras, fóruns, mostras, colóquios, vivências, festas e celebrações", reforçando o papel destes países no quadro das relações desportivas internacionais e do olimpismo em geral.

"Pretende-se que este seja não só um espaço de convívio para a comunidade nacional residente no Rio de Janeiro, mas também um local de mostra de todas as realidades culturais dos países lusofalantes, tornando-se um centro de atracção para os muitos turistas que ali estarão por ocasião dos Jogos, à imagem do que muitos dos países participantes promovem para difundir a sua cultura e história. Será igualmente um local onde os 'atletas lusófonos' que irão participar nos Jogos terão uma oportunidade única de sentir o apoio dos seus concidadãos e com eles poderão partilhar as suas experiências e emoções", refere ainda o comunicado.

Entre os constituintes desta Casa Olímpica da Língua Portuguesa destacam-se algumas figuras da sociedade portuguesa oriundas da diplomacia, da cultura e do sector empresarial, tendo o Presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, aceite ser o Presidente da Comissão de Honra e o actor português Ricardo Pereira, que presidiu à Assembleia Geral constitutiva, será vice-presidente da direcção.




Pub


 

Pub

Pub

Pub

Pub

Pub













X
Introduza o seu endereço de e-mail.
Introduza a senha associada ao seu endereço de e-mail.
  • Sign in with Twitter
A carregar