7/2/16
 
 
Lisboa é a capital da Europa com menos homicídios

Lisboa é a capital da Europa com menos homicídios

27/02/2012 03:00

Os números estão no último relatório do Eurostat. Lisboa é a capital europeia com menos crimes de homicídio registados no período compreendido entre 2007 e 2009. Nos três anos, mostram as estatísticas, aconteceram na capital portuguesa uma média anual de 0,48 homicídios por cada 100 mil habitantes.

O segundo lugar do ranking – que também contabilizou, além dos homicídios, a prática de eutanásia e os infanticídios – é ocupado pela capital da Eslovénia, Liubliana, a que se seguem Madrid (Espanha), Bucareste (Hungria) e Viena (Áustria). Mais para o fim da tabela aparecem cidades como Praga, com uma média anual de 2,74 crimes; Dublin com 2,33; Berlim com 1,93 ou Londres, que apresenta um registo de 1,92, sempre para cada 100 mil habitantes.

Segundo o Eurostat, a cidade mais violenta da Europa, tendo em conta o indicador dos homicídios, é Amesterdão, capital da Holanda – onde há registo de uma média de 3,65 crimes por ano. Em Valeta, a capital de Malta, não terá acontecido qualquer homicídio ou infanticídio entre 2007 e 2009, mas como o país só tem 400 mil habitantes não entrou para o ranking, que só contempla os países com mais de meio milhão de pessoas.

Ranking por países Na lista de países com menos homicídios, Portugal ocupa a 14.a posição. A Áustria é o país mais seguro, seguido pela Eslovénia, pela Alemanha e pela Espanha. Olhando a tabela ao contrário, o ranking de países com mais crimes de homicídio é encabeçado pela Lituânia. A Estónia, a Finlândia, a Bulgária e a Roménia também apresentam, globalmente, as maiores taxas de homicídio, eutanásia e infanticídio, segundo os números do Eurostat.

criminalidade geral No que se refere à criminalidade global, e segundo dados da PSP, em 2011 registaram-se uma média de 547 crimes por dia em Lisboa e no Porto. Mais de metade (60%) das quase 22 mil ocorrências participadas às autoridade dizem respeito a furtos e roubos.

O crime mais referenciado, quer em Lisboa quer no Porto, é o roubo e os assaltos a carros. No ano passado, foram assaltadas ou roubadas, por dia, uma média de 60 viaturas – o que perfez um total de 22 mil crimes. Além destas situações, segundo o relatório anual da PSP, foram ainda denunciados 114 roubos violentos de automóveis com utilização de arma de fogo e isto só no primeiro semestre de 2011. O segundo tipo de crime mais frequente são os assaltos a residências. A PSP – que tem a seu cargo o policiamento das zonas urbanas – identificou, no ano passado, uma média diária de 30 assaltos. O terceiro lugar da lista de principais crimes tem sido ocupado, nos últimos anos, pelo carteirismo: só no espaço de 12 meses, a PSP diz ter recebido cerca de nove mil participações.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×