Pub


Por Catarina Falcão
publicado em 18 Fev 2014 - 05:00
// 

Movimentos de extrema-direita ganham força com resultado na Suíça
Em França Marine Le Pen ganha terreno e já recolhe um terço das intenções de voto

Após os elogios imediatos à vitória do sim por parte dos líderes de partidos de extrema-direita um pouco por toda a Europa, o impacto deste resultado na Suíça não tardou a ganhar eco nas intenções de voto e projectos políticos em todo o continente. Em França, as últimas sondagens revelam que a Frente Nacional de Marine Le Pen pode vir a receber um terço dos votos nas próximas europeias e na Noruega a ideia de um referendo próprio sobre quotas a imigrantes é vista como "interessante".

O tweet de Le Pen após conhecer o resultado favorável na Suíça à imposição de quotas aos novos imigrantes oriundos da União Europeia foi evidente quanto às intenções da líder da Frente Nacional: "Referendo suíço: gerir a imigração é uma prioridade nacional no programa da Frente Nacional". A eurodeputada disse que este resultado mostrou "lucidez" por parte dos nacionais suíços e, numa recente sondagem sobre as intenções de voto, um terço dos franceses diz comungar das ideias da Frente Nacional, fortalecendo as intenções de voto para as próximas eleições locais em Março e para as europeias de Maio.

Na Noruega, um dos partidos do governo avançou que um referendo como aconteceu na Suíça seria "interessante", sublinhando que deveria haver uma iniciativa similar no país. A Noruega, tal como a Suíça, não integra a União Europeia mas mantém acordos de parceria estratégica com as instituições europeias a vários níveis.

A possibilidade de referendo não agradou a todos os sectores políticos na Noruega. O ministro norueguês dos Assuntos Europeus já se mostrou preocupado com esta possibilidade, dizendo que os sectores empresariais e a economia "beneficiam muito" do trabalho dos imigrantes.




Pub


 

Pub

Pub

Pub

Pub

Pub













X
Introduza o seu endereço de e-mail.
Introduza a senha associada ao seu endereço de e-mail.
  • Sign in with Twitter
A carregar