Pub


Por Jornal i
publicado em 8 Mar 2012 - 03:00
// 

Smolarek. Um golo a Portugal e um filho chamado Eusebiusz em honra de Eusébio
Polónia chora morte de Smolarek, autor do 1-0 a Damas no Mundial-86. Vinte anos depois, o filho imita o sénior, com dois golos (2-1) a Ricardo na fase de qualificação para o Euro-2008

Wlodzimierz Smolarek. Na história da selecção, Portugal tem vantagem nos golos, com 849 marcados e 634 sofridos. Neste último capítulo há inimigos público mais conhecidos que outros. Zidane, por exemplo, é um deles. Por ser quem é e por nos ter eliminado no Euro-2000 e no Mundial-2006. Outros há que caem no esquecimento. Como o espanhol Lángara, autor de cinco golos num célebre 9-0 em 1934, ou do austríaco Probst, com mais cinco num 9-1 em 1953. Entre os mais famosos e os desconhecidos está Wlodzimierz Smolarek.

Estádio Universitário, 7 de Junho de 1986. Imagine lá... Se pensa que está naquele relvado à frente do Hospital de Santa Maria, faça rewind se faz favor. Estádio Universitário, 7 de Junho de 1986. Estamos em Monterrey. É o Mundial do México. Segunda jornada do grupo F. Portugal joga sem o capitão, Bento. No seu lugar, Damas. A Polónia joga sem Kubicki e o seleccionador, Antoni Piechiniczek, avisa na véspera: “O Boniek vai ser o avançado-centro com o apoio de Smolarek.”

As três equipas entram em campo. Portugal vem de uma vitória inesperada sobre a Inglaterra (1-0), a Polónia de um empate decepcionante com Marrocos (0-0). Ali Bennaceur ainda é um ilustre desconhecido mas vai ser famoso daqui a uns dias, quando validar a mão de Deus de Maradona no Inglaterra-Argentina.

O jogo começa adormecido e acaba com um longo bocejo. Ganha a Polónia, por 1-0, obra do tal Wlodzimierz Smolarek. Passe longo de Dariusz Dziekanowski e remate rasteiro do número 11 na pequena área à saída de Damas. É a derrota que precipita o fim. Que piora o ambiente. Que incendeia de vez Saltillo.

É Smolarek, de seu nome. Esse golo tem a felicidade de lhe permitir a transferência para a RFA (Eintracht Frankfurt), além de garantir o título de melhor jogador polaco do ano. Mas o que é isso comparado com o prémio de 1981? Cinco anos antes, Wlodzimierz é pai e dá ao filho o nome de Eusebiusz, em honra do português Eusébio.

A explicação do Smolarek sénior. “Nasci em 1957 e o meu primeiro Mundial foi o de 1966.





 

Pub

Pub

Pub

Pub

Pub













X
Introduza o seu endereço de e-mail.
Introduza a senha associada ao seu endereço de e-mail.
  • Sign in with Twitter
A carregar