Pub


Por Maria Espírito Santo
publicado em 9 Abr 2013 - 03:00
// 

Dead Combo. Memórias de uma correria aos quadradinhos
“Sound Files” é a BD que marca o décimo aniversário da dupla.A celebração também se faz ao vivo e noutras publicações

“Tu és jornalista, nós somos músicos.” Até ver, tudo bate certo, aguardamos. “É uma maneira de estar na vida. Eu e o Pedro não somos mais que ninguém, nem que tu ou que o senhor do talho. Escolhemos o nosso caminho.” Poucas palavras e muito pragmatismo servem Tó Trips na hora de falar sobre os dez anos de Dead Combo que se cumpriram no passado dia 31 de Março, com comemorações que se fazem ano fora. O arranque acontece com “Sound Files”, a primeira banda desenhada assinada pelo grupo.

Uma viagem de avião que não chegou ao destino, uma ressaca especialmente pesada e a correria, sempre a correria do costume. É ao mesmo tempo uma imagem de marca - “também nos vídeos, aparecemos sempre a correr” - e uma referência ao cinema mudo, “em que as imagens são sempre muito mais rápidas do que na realidade”. Agora os pontos nos is: nas tiras, da autoria de Tó Trips, vão-se contando pequenas aventuras da banda em que o humor se cruza com o ambiente negro: “Por exemplo, temos uma sala de ensaios na ZDB, chegamos com o material e percebemos que o pessoal se esqueceu das chaves para entrar.”

A faceta de designer de Tó Trips não é novidade. Aliás, conta-nos que, no que toca à formação de bandas, o lado gráfico constrói-se primeiro, a “imagem da música”, diz-nos. Também por isso tem vindo a coleccionar, desde o início dos Dead Combo, estas tiras. “Só que depois nunca mais tive paciência para continuar”, confessa. Até Novembro do ano passado. Agora o livro já está nas bancas. Apesar de as ilustrações serem responsabilidade de Tó Trips, foi um trabalho em conjunto, já que Pedro contribuiu com os textos. Novamente, as teorias rebuscadas ficam para outra altura, isto é tudo muito simples: “Basicamente rimo-nos de nós próprios, que é uma coisa saudável.”

Na última década, a vontade de fazer música não mudou, os horizontes musicais é que se alargaram. “Várias coisas mudaram. Tive uma filha antes dos Dead Combo, comecei a ouvir outras músicas - quando era mais novo era só rock e cenas pesadas.




Pub


 

Pub

Pub

Pub

Pub

Pub













X
Introduza o seu endereço de e-mail.
Introduza a senha associada ao seu endereço de e-mail.
  • Sign in with Twitter
A carregar